Photobucket

terça-feira, 12 de junho de 2012

Rio+20 | Participe dos eventos promovidos pela Fundação Grupo Boticário



 Projeto Oásis será apresentado na RIO+20

Fonte:  Fundação Grupo Boticário

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza irá participar de dois eventos paralelos da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que acontece de 13 a 22 de junho na cidade do Rio de Janeiro. O Projeto Oásis, iniciativa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) da Fundação Grupo Boticário, será o tema de ambos os eventos.

O primeiro deles acontece na manhã da terça-feira (19), das 09h30 às 11h00, e será uma mesa-redonda com o tema “Arranjos institucionais para projetos de Pagamento por Serviços Ambientais na América Latina e no Brasil”. Na oportunidade, a diretora executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes, irá apresentar a iniciativa de PSA da entidade como modelo de projeto com alta efetividade nessa área.

O outro evento paralelo, que acontecerá na quinta-feira (21), das 17h30 às 19h30,  irá abordar o tema “Valoração dos Serviços Ambientais e os Resultados para a Sociedade”. Durante o evento, o coordenador de Estratégias de Conservação da Fundação Grupo Boticário, André Ferretti, também fará a apresentação do Projeto Oásis.

O Projeto Oásis foi iniciado em 2006, em áreas rurais da região metropolitana de São Paulo (SP), e remunera financeiramente proprietários de terra que concordam em conservar áreas naturais nativas em suas propriedades. A apresentação nos side events irá destacar a ampliação nacional do projeto, que ocorreu por meio de parcerias com o poder público (Prefeitura de Apucarana-PR, Prefeitura de São Bento do Sul–SC, Ministério Público de Minas Gerais) e com o apoio de investimento social privado (Instituto HSBC Solidariedade, Mitsubishi Corporation Foundation e Instituto Hedging-Griffo).

Os side events ainda irão contar com a presença de profissionais de entidades como o Instituto Hedging-Griffo e o Banco Mundial (dia 19); além da Universidade Federal do Rio de Janeiro e do Ministério do Meio Ambiente (dia 20). O Ministério Público de Minas Gerais irá enviar representantes para os dois dias.
Rio+20

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável é conhecida como Rio+20. Essa denominação é feita em virtude do evento marcar os vinte anos de realização da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio92), e porque sua realização deverá contribuir para definir a agenda do desenvolvimento sustentável mundial para as próximas décadas.

A Rio+20 terá dois temas principais: “A economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e da erradicação da pobreza” e “A estrutura institucional para o desenvolvimento sustentável”. Além da apresentação do Projeto Oásis, a Fundação Grupo Boticário irá enviar parte de sua equipe para participar dos fóruns e apresentações da conferência.

Leia mais em:  Rio+20 | Fundação Grupo Boticário



Rio+20: Coletiva de imprensa nesta quarta (13) às 13h no Riocentro sobre negociações e logística da mídia





“Rio+20: Onde estamos no início da Terceira Reunião Preparatória” 

Fonte: UNIC Brazil

Às 13h30, haverá um briefing sobre a logística da cobertura para jornalistas na Rio+20.
O Secretário-Geral da Rio+20, Sha Zukang, e o Embaixador Luiz Figueiredo Machado, negociador-chefe do Brasil na Rio+20, vão informar sobre as metas e objetivos para a Rio+20 e sobre o estado das negociações para o resultado final da Conferência, no início do terceiro e última Reunião Preparatória. O briefing será transmitido pelo www.un.org/webcast
Em seguida, haverá uma coletiva sobre todos os detalhes da logística para os jornalistas que cobrem a Conferência, promovida pelo Departamento de Informação Pública (DPI) da ONU. Haverá também informações do setor de Segurança da ONU e do Programa ‘PaperSmart’ da ONU.
Para mais informações, entre em contato com Dan Shepard, tel: (+55 21) 8921 8472, Wynne Boelt, tel (+55 21) 8921 8475, ou Gustavo Barreto, +55(21) 8185-0582, Departamento de Informação Pública da ONU.
Leia mais em: ONU - RIO+20

WWF resgata legado da Rio 92 e levanta expectativas quanto a Rio+20







A Iniciativa Amazônia Viva do WWF lança nesta quarta-feira, 13 de junho, 
publicação sobre os 20 anos que se passaram entre as conferências Rio 92 e Rio+20.

Fonte:  Comunicação WWF-Brasil

O lançamento na Arena da Barra, de 11h às 13h, terá mesa-redonda e debate com o cientista político, Eduardo Viola; o embaixador Flávio Miragaia Perri; a secreatária-geral do WWF-Brasil, Maria Cecília Wey de Brito; e o líder da Iniciativa Amazônia Viva, Claudio Maretti.

Não é necessário credenciamento especial ou antecipado para participar. Haverá serviço de tradução.

Intitulada Rio 92, para onde foi? Rio+20, para onde vai? a publicação - em português, inglês e espanhol - resgata o legado da conferência Rio 92, além de ouvir desses especialistas as expectativas em relação à Rio+20.

O objetivo foi contribuir para evidenciar propostas e ideias por meio dos depoimentos e lições aprendidas dos entrevistados e dar ênfase para as questões e soluções de futuro para a Amazônia, o Brasil e a América Latina.

O cientista político, Eduardo Viola, considera que o Brasil poderia ter uma posição muito mais progressista e coerente entre o que promove e as suas definições políticas e cita como exemplo a nova política industrial. “Apesar de ter uma lei de mudanças climáticas avançada, a nova política de produção industrial automobilística só promove a produção de carro e não dá a menor importância à eficiência energética. Quando vem uma política industrial é quase a mesma de 20 anos atrás”, critica.

O embaixador Flavio Perri, hoje aposentado, viveu intensamente a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento de 1992 como secretário-executivo do grupo de trabalho nacional que organizou o evento. Para ele, a consciência da crise planetária gerada pelo modelo de desenvolvimento adotado atualmente é também a oportunidade para se fazer da Rio+20 uma conferência de destaque. “Trata-se de ousar na constatação de que é tempo de revisão dos paradigmas econômicos, sociais e políticos que têm orientado a ação humana sobre o planeta, esgotável em seus limites. A Rio+20 deve ser visionária; reformular nossa visão de mundo e de futuro. Está nas mãos da liderança mundial atuar como Estadistas e apontar os equívocos e erros dos modelos atualmente adotados”, afirma Perri.

Em relação ao futuro do Brasil e da Amazônia, Claudio Maretti lembra que a natureza é que pode garantir sustentabilidade e equidade na oferta e acesso das populações a comida, água e energia. “Temos que garantir sustentabilidade na produção e oferta de alimentos, de forma que não prejudiquemos nem suas possibilidades de produção futura, nem os serviços que prestam à sociedade, ou seja, a produção de alimentos não pode mais ser baseada no desmatamento e outras degradações”, afirma.

Na opinião de Maria Cecília Wey de Brito, secretária-geral do WWF-Brasil, é possível investir para desenvolver mercados diferenciados, ciência para novos produtos e para o conhecimento de potencialidades e funcionamento da região do ponto de vista ambiental e social. “A solução de futuro para a Amazônia é o desenho de um plano de Estado. As soluções para os problemas em curso não podem ser pensadas com um foco de curto prazo”, afirma na entrevista.


Rio 92 para onde foi? Rio+20 para onde vai

Lançamento da publicação e mesa-redonda

13 de junho de 2012, de 11h às 13h
Arena da Barra - Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 3401. Barra da Tijuca
Rio de Janeiro - RJ


Contatos para entrevistas e outras informações: Denise Oliveira:  61 - 8175.2695; ou Maristela Pessôa:  61 3364.7497


Sobre o WWF-Brasil

WWF-Brasil é uma organização não governamental brasileira dedicada à conservação da natureza com os objetivos de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade e de promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. O WWF-Brasil, criado em 1996 e sediado em Brasília, desenvolve projetos em todo o país e integra a Rede WWF, a maior rede independente de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países e o apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo associados e voluntários.

Sobre a Iniciativa Amazônia Viva


A Iniciativa Amazônia Viva lidera os esforços da Rede WWF para garantir uma Amazônia ecologicamente saudável e que mantenha sua contribuição ambiental e cultural às populações locais, aos países da região e ao mundo, por meio da manutenção dos processos e dos serviços ecológicos, em um sistema que propicie o desenvolvimento econômico inclusivo, com equidade social e responsabilidade global.

Leia mais em:  WWF Brasil


quinta-feira, 7 de junho de 2012

Notícias do Turismo - Panrotas

(Reprodução)


Alguns destaques do PANROTAS - O Portal Profissional do Turismo

Fonte: Panrotas Editora/Mídia Kit

Cultura é o foco da nova campanha da Embratur

A nova campanha publicitária de divulgação dos destinos turísticos brasileiros terá enfoque na diversidade cultural do País. A informação foi dada pelo presidente da Embratur, Flávio Dino, durante a reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais do Turismo(Fornatur).

Leia mais em: http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/mercado/cultura-e-o-foco-da-nova-campanha-da-embratur_78885.html?pesquisa=1

Novo portal Centro Histórico Embraer está no ar

Inspirado nas novas tendências da web, a arquitetura digital facilita o acesso às informações desejadas, download de vídeos, fotos, além de dados históricos e institucionais da companhia. O portal também é compatível com diversas plataformas móveis, como iPhone, iPad e Android.

Leia mais em:  http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/aviacao/novo-portal-centro-historico-embraer-esta-no-ar_78865.html?pesquisa=1

Rio terá R$ 212 bi de investimentos em três anos

O estudo reúne 234 empreendimentos previstos para o período de 2012 a 2014, sendo 61,5% deles já em andamento, com obras iniciadas e licenças ambientais adquiridas. “O Rio de Janeiro continua recebendo investimentos em série, que estão se espalhando pelos diversos setores e regiões e transformando a economia e a realidade do Estado”, afirmou o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira.

Leia mais em:  http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/mercado/rio-tera-r$-212-bi-de-investimentos-em-tres-anos_78854.html?pesquisa=1

Ilhabela (SP) faz 17º Festival do Camarão em agosto

Como no ano anterior, o Boteco do Camarão será montado na Vila, onde serão servidos petiscos, comidas de boteco e diversos drinques, além da famosa paella de camarão e frutos do mar aos visitantes.

Leia mais em: http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/destinos/ilhabela-sp-faz-17o-festival-do-camarao-em-agosto_78797.html?pesquisa=1

“Brasil vive apagão de mão de obra no turismo”

O diretor presidente da Confederação Nacional de Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (Contratuh), Moacyr Roberto Tesch Auersvald, disse que o Brasil vive um apagão de mão de obra na área de turismo.

Na opinião de Auersvald, é preciso fazer um diagnóstico para saber quantos profissionais, que áreas precisam de capacitação e quantos já foram qualificados com foco na Copa do Mundo de 2014 no Brasil. “As qualificações são feitas no escuro. O governo precisa fazer esse diagnóstico em cada cidade”, declarou.


Leia mais em: http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/politica/%E2%80%9Cbrasil-vive-apagao-de-mao-de-obra-no-turismo%E2%80%9D_78749.html


 PANROTAS é a empresa líder na produção de informações para o profissional de turismo, atuando junto a toda a cadeia produtiva do setor: empresas aéreas, hotéis e redes hoteleiras, operadoras, agências de viagens, locadoras de automóveis, empresas de cruzeiros marítimos, serviços de distribuição e reservas, cartões de assistência, órgãos oficiais de turismo, entre outros.

Assine as publicações do PANROTAS



Notícias da Agência Brasil - 07/06/2012

(Reprodução)


Alguns destaques da Agência Brasil, para 07 de junho de 2012

Fonte: Empresa Brasil de Comunicação S/A - EBC


STF começa a julgar mensalão no dia 1º de agosto

Repórter Débora Zampier/Edição: Rivadavia Severo

Brasília – O processo do mensalão começará a ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 1º de agosto. O processo apura responsabilidades no suposto esquema de compra de votos de parlamentares revelado em 2005. A decisão foi tomada hoje, por unanimidade, em sessão administrativa da Corte. Não participaram da reunião os ministros Ricardo Lewandowski, revisor do processo, e Antonio Dias Toffoli.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-06/mensalao-comecara-ser-julgado-no-dia-1%C2%BA-de-agosto

Ex-delegado do Dops reafirma crimes da ditadura militar

Edição: Aécio Amado

Brasília – O ex-delegado do Departamento de Ordem Política e Social (Dops) Cláudio Guerra foi um dos policiais mais poderosos a atuar na repressão do regime militar entre as décadas de 1970 e 1980. Embora, segundo ele, tenha matado quase uma centena de pessoas, ressaltou que nunca torturou. Em entrevista ao programaObservatório da Imprensa, da TV Brasil, transmitido na noite de ontem (5), Guerra relatou ao jornalista Alberto Dines, âncora do programa, os crimes e os bastidores da ditadura militar (1964-1985).

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-06/ex-delegado-do-dops-reafirma-em-programa-da-tv-brasil-crimes-da-ditadura-militar

Comissão aprova cota para aluno da rede pública em universidade

Repórter Marcos Chagas

Brasília - A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje (6) projeto de lei que reserva 50% das vagas em universidades federais e estaduais para estudantes que cursaram integralmente o ensino médio na rede pública. O mesmo percentual será aplicado nas instituições federais de ensino técnico de nível médio.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-06/ccj-do-senado-aprova-projeto-de-lei-que-reserva-50-de-vagas-em-universidades-para-estudantes-da-rede-

Relação entre consumismo infantil, publicidade e sustentabilidade será tema de debate na Rio+20

Repórter Thais Leitão

Rio de Janeiro - O Instituto Alana, organização sem fins lucrativos (ONG) que atua na defesa dos direitos de crianças e adolescentes, vai promover, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), um debate sobre a relação entre o consumismo infantil, a publicidade e a sustentabilidade. O evento ocorrerá no Riocentro, zona oeste do Rio de Janeiro, no dia 13 de junho, e faz parte da programação oficial da ONU.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-07/relacao-entre-consumismo-infantil-publicidade-e-sustentabilidade-sera-tema-de-debate-na-rio20

Seguradoras querem derrubar na Justiça norma da ANS que trata do plano de saúde do aposentado

Repórter Akemi Nitahara

Brasília – A Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) entrou na Justiça pedindo a suspensão da Resolução Normativa 279, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que entrou em vigor na última sexta-feira (1º). A resolução estabelece novas regras para aposentados e demitidos sem justa causa permanecerem no plano de saúde empresarial.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-06/seguradoras-querem-derrubar-na-justica-norma-da-ans-que-trata-do-plano-de-saude-do-aposentado

Contribuintes podem consultar restituição e CPF por meio de celulares e tablets

Repórter Wellton Máximo

Brasília – Desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), o aplicativo pode ser baixado gratuitamente nas lojas virtuais App Store (integrada ao sistema operacional do smartphone ou tablet), da Apple, e Google Play, do Google.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-06/contribuintes-podem-consultar-restituicao-e-cpf-por-meio-de-celulares-e-tablets

Ancine publica regras que regulamentam Lei da TV Paga; cota de conteúdo nacional vai vigorar a partir de setembro

Repórter Camila Maciel

São Paulo – A Agência Nacional do Cinema (Ancine) publicou hoje (4), no Diário Oficial da União, duas instruções normativas que regulamentam a nova lei de TV por assinatura no Brasil (Lei 12.485/2011). As instruções, que foram definidas após processo de consulta pública, flexibilizam alguns dos pontos polêmicos da nova lei, como a inclusão de programas de variedades e reality show dentre as obras audiovisuais que contam para o percentual mínimo de produção brasileira. Os empresários do setor terão até o dia 1º de setembro para se adaptar às novas regras.

Leia mais em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-06-04/ancine-publica-regras-que-regulamentam-lei-da-tv-paga-cota-de-conteudo-nacional-vai-vigorar-partir-de,


Outras noticias sobre Cidadania, Economia, Educação, Justiça, Meio Ambiente, Internacional Política, Saúde, Nacional, Esporte, Cultura e  Pesquisa e Inovação, em:

Agência Brasil