Photobucket

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Jornalistas podem participar de programa de bolsas para cobrir 67ª sessão da Assembleia Geral da ONU

(Divulgação)



67ª sessão da Assembleia Geral da ONU

Fonte: UNIC Brazil

O Fundo Dag Hammarskjöld de Bolsas para Jornalistas abriu inscrições a jornalistas profissionais de países em desenvolvimento para o programa de bolsas de 2012. As inscrições vão até 30 de março (quarta-feira).

Há bolsas disponíveis para profissionais de rádio, televisão, impresso e web. Os interessados devem ter entre 25 e 35 anos, ser de países em desenvolvimento e ter interesse em ir à Nova York para cobrir a 67ª sessão a Assembleia Geral das Nações Unidas. A bolsa se inicia no começo de setembro e acaba no fim de novembro e inclui os custos de viagem e de acomodação em Nova York, assim como um subsídio diário.

O programa de bolsas está aberto para jornalistas de qualquer um dos países em desenvolvimento da África, da Ásia, da América do Sul e do Caribe, e que estejam trabalhando em tempo integral para alguma empresa de mídia. Os inscritos devem apresentar interesse e comprometimento com assuntos internacionais e em transmitir um maior entendimento das Nações Unidas para seus leitores e seu público. Eles devem ter também a aprovação de seus superiores para passarem dois meses em Nova York enquanto fazem suas matérias das Nações Unidas.

Toda a documentação e os requisitos necessários, assim como o formulário de inscrição para as bolsas, podem ser encontrados em www.unjournalismfellowship.orgNota: O Fundo não aceitará inscrições para 2012 dos países selecionados em 2011: China, Etiópia, India, Nigéria . Jornalistas destes países poderão se inscrever em 2013.

Dúvidas sobre o programa, os requisitos ou o processo de inscrição podem ser direcionadas a fellowship@unjournalismfellowship.org

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

SPBW - São Paulo Best Week 2012


(Divulgação)
















Imagine aproveitar tudo o que há de bom em São Paulo em um feriado prolongado !

Fonte: SP Turis/SPBW

Neste Carnaval , você pode desfrutar de todos os benefícios da cidade – compras, lazer, hospedagem, gastronomia e muitos outros serviços, com uma tranquilidade sem igual.

Entre os dias 17/02/2012 e 26/02/2012 acontecerá novamente a São Paulo Best Week, uma semana especial promovida pela São Paulo Turismo (SPTuris), São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) , Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo (ABIH-SP), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e Fórum dos Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), com apoio de diversas outras entidades, empresas, estabelecimentos.

Confira as próximas edições do SPBW 2012:

Semana/datas/temas
SPBW Carnaval: 17 a 26 de fevereiro
SPBW Indy 300: 27 de abril a 1º de maio
SPBW Parada LGBT: 6 a 10 de junho
SPBW Férias: 6 a 9 de julho
SPBW Independência: 6 a 9 de setembro
SPBW Kids Break: 11 a 14 de outubro
SPBW República: 1 a 4 de novembro; e de 14 a 20 de novembro
SPBW Virada do Ano: 21 de dezembro de 2012 a 1º de janeiro de 2013


Se você está interessado em aproveitar, conheça as promoções referentes a Lazer, Hospedagem, Gastronomia ou Serviços. Além disso, existem muitas opções para curtir De Graça!,

Fque de olho em: SPBW - São Paulo Best Week


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Café Utam está entre as 10 mais do café no Brasil

(Divulgação)














Empresa que teve em 2011 crescimento de 21% em seu faturamento, fica em 9º lugar no ranking das 100 maiores indústrias de café associadas à ABIC

Fonte: Verbo Nostro Comunicação Planejada


A ABIC Associação Brasileira da Indústria de Café) divulgou dados sobre o mercado brasileiro do café. Segundo a entidade, o consumo brasileiro de café cresceu 3,11% em 2011. No total, foram 19,72 milhões de sacas de 60 quilos do grão, ante 19,13 milhões de sacas em 2010. O relatório mostra também que as vendas do setor alcançaram R$ 7 bilhões no mesmo período.

Os dados afirmam que os brasileiros estão consumindo mais xícaras de café por dia e diversificando as formas da bebida, adicionando ao café filtrado consumido nos lares, também os cafés expressos, cappuccinos e outras combinações com leite.

Segundo a ABIC, esse consumo de 4,88 kg/ano/habitante supera o de 1965, que foi de 4,72 kg. Isso mostra o maior consumo já registrado no Brasil, um verdadeiro recorde. “O consumo pelo café em terras brasileiras continua sendo também maior que os da Itália, da França e dos EUA. Os campeões de consumo, entretanto, ainda são os países nórdicos – Finlândia, Noruega, Dinamarca – com um volume próximo dos 13 kg/por habitante/ano”, cita a presidente da Café Utam, Ana Carolina Soares de Carvalho, de acordo com a ABIC. Para 2012, a ABIC projeta um crescimento de 3,5% em volume, o que elevaria o consumo para 20,41 milhões de sacas.

CAFÉ UTAM

Outro dado divulgado pela ABIC foi a nova relação das 100 maiores indústrias de café associadas à entidade. A Café Utam subiu para o 9º lugar neste ranking incluindo vendas de suas unidades em São Paulo e Minas Gerais.

Segundo Ana Carolina Soares de Carvalho, os dados mostram a evolução da Café Utam que apresentou em 2011 um crescimento de 21% em seu faturamento. “Para 2012, projetamos um aumento do volume de vendas de café em 12%. Também estamos projetando um crescimento de 17% no faturamento dos demais produtos da empresa, englobando cappuccinos, solúvel e toda linha de produtos destinados a food service. Essa linha de produtos, recém re-estruturada, teve um crescimento excelente em 2011, chegando a 24%”, mostra a executiva.

De acordo com o Américo Sato, presidente da ABIC, as empresas associadas que participam deste levantamento, informando os volumes produzidos mensalmente, mostraram uma evolução mais significativa do que o restante do mercado: de 6,32% em relação a 2010.

Ainda segundo Ana Carolina, o bom desempenho da Café Utam em 2011 é resultado de um trabalho focado nas principais áreas da empresa, desde a gestão administrativa, de vendas e inovação de produtos. “Estamos preparando algumas novidades para este ano que deve agradar o nosso público. Novidades que colocarão a nossa marca mais perto de nossos apreciadores de café”, mostra.

Sobre a Café Utam

Com mais de 40 anos de tradição, a Café Utam adquiriu força com abrangência em toda região Sudeste, principalmente nos Estados de São Paulo e Minas Gerais. O resultado desta performance é hoje uma atuação em mais de 300 cidades e uma carteira com cerca de 8500 clientes ativos.

A visão estratégica da companhia é ser uma empresa de referência no mercado e manter sua padronização e qualidade em cada produto ou serviço oferecido, de forma a promover uma relação valorosa para todos os envolvidos na cadeia do café.
Atualmente, a companhia trabalha com nove marcas de cafés torrados e moídos, duas marcas de cafés em grãos torrados, uma marca de café solúvel, duas marcas de cappuccinos, saches personalizados e demais produtos destinados a food service.

A linha de produtos tem como pilar a modernização que a empresa empenhou ao longo de sua existência, mirada para a atualização da tecnologia de suas duas plantas industriais, sendo matriz em Ribeirão Preto e filial em Piumhi (MG).
A Café Utam S/A está entre as maiores torrefações de café no ranking nacional do setor, conforme divulgação da Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC).


Leia mais em: CAFÉ UTAM


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

ANÁLISE DA LEI AZEREDO - ARTIGO 19


(Reprodução)










Em janeiro de 2012, a ARTIGO 19 analisou a Proposta Substitutiva do Senado Federal Brasileiro ao Projeto de Lei da Câmara No. 89 de 2003 (o “Projeto de Lei”). O Projeto de Lei propõe a criação de novas medidas relativas à prevenção, identificação e punição de crimes cometidos com o uso da Internet. A ARTIGO 19 está fortemente preocupada que uma parte dessas medidas sejam contrárias aos direitos à liberdade de expressão e de informação e, deste modo, faz uma série de recomendações para que o Projeto de Lei esteja em conformidade com normas internacionais

Fonte: ARTIGO 19 - América do Sul



O Projeto de Lei não oferece qualquer garantia ao direito à liberdade de expressão ou de informação. Nós também estamos preocupados com o fato dessas medidas não apenas prejudicarem esses direitos, mas de também serem incompatíveis com a legislação em tramitação no Congresso Nacional que procura assegurar os direitos fundamentais online.

O Projeto de Lei prevê uma série de medidas que transformariam as empresas privadas responsáveis pelo fornecimento de serviços de Internet em uma força policial online. É possível que o Projeto de Lei exija que essas empresas denunciem à polícia supostas violações do código penal e imponha responsabilidade penal às partes que não cumprirem esse deveres. As mesmas medidas exigem a fiscalização maciça e a retenção de dados de todas as comunicações online por essas mesmas empresas privadas, que não possuem responsabilidade jurídica necessária para tais atos, por um período de três anos, com poucas restrições nas circunstâncias sob as quais um tribunal poderia ordenar a divulgação dos dados. Medidas semelhantes já foram consideradas inconstitucionais em alguns países europeus, e o governo brasileiro se mostra ávido a enfrentar semelhante disputa em seus próprios tribunais.

O Projeto de Lei também contém proibições vagas sobre as “traições” nos casos de compartilhamento de dados eletrônicos, assim como medidas amplas para a proteção de informações pessoais. Ambas as medidas restringem potencialmente a capacidade de delatores de divulgar informações de interesse público. Outras medidas problemáticas incluem restrições ambíguas ao acesso a computadores e a obtenção e transferência de dados que não preveem a comprovação de intenção para que haja imposição de responsabilidade penal. Tais medidas potencialmente criminalizam o uso diário de computadores que não causam nenhum mal. De maneira similar, crimes relativos à “difusão de códigos maliciosos” também não preveem a necessidade de comprovar intenção.

A ARTIGO 19 solicita com urgência ao governo brasileiro que faça um revisão substancial das medidas previstas no Projeto de Lei, de forma que garanta o respeito aos direitos à liberdade de expressão e de informação no país.

RECOMENDAÇÕES

O Projeto de Lei deve reivindicar a aplicação dos direitos à liberdade de expressão e de informação em todas as formas eletrônicas de comunicação, incluindo as realizadas na Internet.

Provedores não devem ser requisitados a monitorar ou delatar supostas violações online do código penal. Da mesma forma, tais empresas não devem ser sujeitas à responsabilidade civil ou penal por não cumprirem ou recusarem-se a cumprir tal conduta.

As exigências gerais para que os provedores de Internet reúnam e retenham dados relativos a comunicações online devem ser removidas.

Medidas que proíbam o “acesso” a sistemas de computadores e a obtenção ou transferência de dados que violem medidas de segurança devem exigir a comprovação de intencionalidade para que haja imposição de responsabilidade penal.

Acessar a análise completa da Lei Azeredo

Leia mais em: ARTIGO 19

ONU Brasil - Rio+20: Nota de esclarecimento

(Reprodução)




Rio+20: Nota de esclarecimento

Fonte: Coordenação das Nações Unidas no Brasil

Apoiamos e agradecemos as instituições e as empresas que estão trabalhando alinhados com os princípios da ONU, sobretudo para o sucesso da Conferência Rio+20. No entanto, nenhuma instituição está formal ou legalmente autorizada a representar ou a falar em nome do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU (DESA) ou de qualquer outro Departamento das Nações Unidas para pleitear parcerias ou recursos para organizar atividades próprias ou de outras organizações durante a Rio+20.

Somente o Coordenador Residente do Sistema ONU no Brasil e o Diretor do Centro de Informação da ONU para o Brasil estão autorizados a falar em nome da Organização das Nações Unidas ou de qualquer Departamento do Secretariado da ONU.

O Comitê Nacional de Organização da Rio+20 (CNO), coordenado pelo Ministro Laudemar Aguiar, do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, é encarregado da organização logística da conferência.

Somente o CNO tem permissão para negociar espaços oficiais e tratar da comunicação do evento em nome do Governo do Brasil. Qualquer pessoa, empresa ou ONG que estiver oferecendo ou comercializando espaços oficiais, oportunidades de se tornar parceiro ou mesmo a participação dentro da programação oficial da Rio+20, está agindo sem a autorização e consentimento da ONU.


Leia mais em: ONU Brasil


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Tetra Pak lança Movimento Nacional pela Reciclagem da Caixinha

(Divulgação)















Movimento Nacional pela Reciclagem da Caixinha


Fonte: Comunicação Tetra Pak InBox

No dia 25 de janeiro, a Tetra Pak lançou o “Movimento Nacional pela Reciclagem da Caixinha”, durante a corrida XV Troféu Cidade de São Paulo Carrefour 10 km, que contou com nove mil participantes. Com o slogan “Caixinha não é lixo. Recicle com a gente.”, a ação teve como objetivo disseminar a mensagem da importância da coleta seletiva, além de informar a população que as caixinhas da Tetra Pak são 100% recicláveis. Na tenda da empresa, os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer os materiais que podem ser feitos com as embalagens recicladas, como placas, telhas, canetas, entre outros. Foram distribuídas aos participantes 100 mil caixinhas personalizadas de água, produzidas com matéria-prima renovável e 100% recicláveis. Logo após o evento todas as embalagens distribuídas, bem como os demais resíduos gerados no evento, foram coletados e encaminhados para a cooperativa de catadores Coopere, para reciclagem.

Leia mais em: Tetra Pak


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Coca Cola FM nos blogs Almanakut Brasil

(Divulgação)






Agora você pode ouvir os grandes sucessos da música pop nacional e internacional, enquanto visita os blogs ALMANAKUT BRASIL.

A Coca Cola FM, com som digital de primeira, está disponível 24hs no ar!

De segunda a sexta das 14hs às 22hs ao vivo e das 22hs às 14hs são só de músicas para você!

Programações especiais nos finais de semana!

Para mandar sua sugestão pelo Twitter, é só escrever: Artista + Música+ #CocaColaFM

Conheça a rádio em: COCA COLA FM