Photobucket

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

ONU Brasil - Oportunidade para jornalistas: ações positivas em desenvolvimento sustentável


(Reprodução)





Ações Positivas em Desenvolvimento Sustentável


Fonte: UNIC Brazil/Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil | UNIC Rio

A ONU está convidando jornalistas a escreverem matérias sobre histórias que mostrem o impacto positivo do trabalho das Nações Unidas e/ou de suas agências e programas no desenvolvimento sustentável do Brasil. Alguns dos temas são sugeridos são: energia renovável, adaptação às mudanças climáticas, agricultura sustentável, etc.

As matérias devem mostrar iniciativas concretas e específicas que tenham obtido resultados tangíveis, além de mostrar o trabalho desenvolvido pelos governos, ONGs, ou outros parceiros, se a ONU apoiou ou estiver apoiando estes projetos. De preferência, a matéria deverá ter entrevistas com os responsáveis pela iniciativa, assim como com as pessoas que se beneficiaram por este trabalho.

As matérias serão usadas em diversas plataformas para a campanha de divulgação da Rio+20, incluindo diversos websites e mídias sociais. Algumas poderão ser usadas no período que antecede a Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas que será realizada em Durban, África do Sul, entre 28 novembro e 9 de dezembro.

Cada matéria deverá ter entre 800 e 1.000 palavras, deve ser escrita em inglês ou francês e deve incluir pelo menos 15 fotos digitais em alta resolução. De acordo com as políticas da ONU, será pago US$ 0,50 por palavra (com as fotos incluídas).

Aqueles interessados em submeter uma matéria podem enviar uma pauta detalhada, descrevendo os conteúdos previstos na matéria e o nome do jornalista para Melanie Proudhomme (prudhommem@un.org) até o final do dia de sexta-feira, 30 de setembro de 2011, com cópia para unic.brazil@unic.org.

Favor colocar no assunto da mensagem Proposals Stories Rio+20 – Brazil


Visite o portal da ONU no Brasil - UNIC Rio - Nações Unidas no Brasil


quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Oficina de Redação prepara vestibulandos em Ribeirão Preto

Professor Luiz Cláudio Jubilato (Divulgação)
















“Oficina de Redação do Criar para Unicamp, Unesp e Fuvest” acontece no dia 17 de setembro (sábado), às 10h00, na Fnac RibeirãoShopping. A entrada é gratuita

Fonte: Verbo Nostro Comunicação Planejada

Saber escrever uma boa redação na prova de um vestibular, é fundamental para quem quer garantir uma vaga nas universidades mais disputadas do País. Em muitos casos, é a redação que decide a aprovação do aluno, ou até mesmo, a sua desclassificação no exame. Para preparar os vestibulandos nesta etapa decisória do vestibular, o Criar – Sistema de Ensino de Língua Portuguesa – em parceria com o site Virando Bixo e a Fnac, promove, no dia 17 de setembro(sábado), a “Oficina de Redação para Unicamp, Unesp e Fuvest”, com o professor Luiz Cláudio Jubilato, especialista em vestibulares, Redação e Língua Portuguesa. O evento acontece às 10h00, na Fnac RibeirãoShopping e a entrada é gratuita.

Na oficina, o professor Luiz Cláudio pretende mostrar aos participantes que o método mais seguro para expor bons argumentos em uma redação dissertativa é a leitura. Segundo ele, o aluno precisa ter um “repertório” de ideias sobre diversos assuntos, ou seja, cultura geral. A partir daí, terá capacidade de analisar fatos e argumentar para defender uma tese de forma pertinente. “A prova de redação é uma prova de leitura e escrita. Quem quiser escrever bem, precisa ler tudo o que lhe cair nas mãos”.

O professor também explica que o aluno não deve ficar só na leitura. Não adianta ter bons argumentos e não saber colocá-los de forma correta no papel. Para ele, o vestibulando também deve escrever no mínimo uma redação por semana. “Quanto mais escrever, melhor. Só se aprende a escrever, escrevendo”, diz.

Como escrever em cada vestibular?

Para cada vestibular, existe uma banca examinadora. Geralmente, o que é exigido em uma prova, não é levado em consideração em outra. Leia as dicas do professor do Criar, Luiz Cláudio Jubilato, sobre como escrever em cada exame.

Fuvest: Importante saber argumentar estabelecendo relações de ideias.

Unesp: Importante conhecer os fatos atuais. Saber usar dados, exemplos, relatos e testemunhos para defender a sua tese.

Unicamp: O aluno deve praticar todos os gêneros textuais possíveis, como cartas, narrativas, manifestos e depoimentos.

A oficina terá duas horas de duração. O professor abordará como é a prova de cada vestibular (Fuvest, Unesp e Unicamp) e dará dicas para cada um deles. A entrada é gratuita. A Fnac fica no Ribeirão Shopping, Av. Cel Fernando Ferreira Leite, 1540, Jd. Califórnia, Ribeirão Preto/SP. Mais informações na secretaria do Criar (16) 3610 2417.

Leia mais em: Criar Sistema de Ensino de Língua Portuguesa


segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Conselho de Direitos Humanos da ONU nomeia brasileiro para chefiar comissão que investigará violência na Síria

(Divulgação/UNIC Brazil)











Conselho de Direitos Humanos da ONU


Fonte: Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio)

O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas nomeou nesta segunda-feira (12/09) o brasileiro Paulo Sérgio Pinheiro para presidir a Comissão de Inquérito Independente que irá investigar as violações dos direitos humanos na Síria, onde pelo menos 2,6 mil pessoas teriam morrido devido a ataques do Governo desde março deste ano, quando os protestos pró-democracia começaram.

Ao todo, serão três especialistas para apurar os abusos na Síria. Paulo Sérgio Pinheiro, que já ocupou diversos cargos no Conselho, será acompanhado por Yakin Ertürk (Turquia), que atualmente é professor de sociologia e ex-funcionário das Nações Unidas em questões de gênero, e Karen AbuZayd (Estados Unidos), que mais recentemente atuou como chefe da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos (UNRWA).

O Conselho decidiu enviar uma comissão de inquérito após analisar o relatório do Escritório do Alto Comissário da ONU para os Direitos Humanos (ACNUDH). O relatório descreve uma série de abusos do governo que vão desde assassinatos, desaparecimentos forçados, privação de liberdade e até mesmo a tortura de crianças, até uma aparente política sistemática de “atirar para matar” contra os manifestantes, com uso de franco-atiradores.

Durante a abertura da 18ª sessão do Conselho nesta segunda-feira (12/09), a Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, disse na reunião com os 47 membros que, de acordo com fontes confiáveis, o número de mortos desde o início dos distúrbios em meados de março já atingiu pelo menos 2,6 mil.

Além de investigar as alegadas violações dos direitos humanos, a Comissão tem a tarefa de estabelecer os fatos e circunstâncias que podem ter levado a tais violações, sempre que possível, identificando os responsáveis para garantir que sejam responsabilizados.

A Comissão deve tornar públicas as suas conclusões ao Conselho o mais rapidamente possível, com prazo até o final de novembro.

Leia mais em: UNIC RIO


Equipotel movimenta setores de hotelaria e gastronomia, de 12 a 15/9

(Divulgação)








Os spas são um dos temas principais da Equipotel 2011


Fonte: Marcelo Iha/Anhembi Parque


Os mercados de hotéis, spas, design e gastronomia estão em crescimento nos últimos anos e, para atender a demanda de novos produtos e serviços, a Equipotel é uma oportunidade para fechar negócios nessas áreas. Maior feira do ramo na América Latina, o evento acontece de 12 a 15 de setembro no Pavilhão de Exposições do Anhembi. Haverá espaço e programação específica em quatro grandes temas:

Food&Drinks, que concentra fornecedores de alimentos e bebidas, além de incluir a Arena Gastronômica com apresentações e oficinas;

Spa&Wellness, ramo na área de bem-estar que tem crescido e terá exposição de produtos e serviços de estética e centros de massagem;

Design, espaço que concentra lançamentos, inovações e tendências na
arquitetura e decoração aplicados à hotelaria;

Conferência, com debates ligados aos segmentos de hotelaria e gastronomia.

Em 2010, a Equipotel teve quase 50 mil pessoas de público total, dos quais 31% eram de outros estados brasileiros, inclusive do Distrito Federal, o que mostra a relevância do evento, com abrangência nacional. Os principais ramos de atividades desses visitantes eram alimentação (37%), hotelaria (30%), comércio/serviços (14%), e ainda representantes da indústria, arquitetura e hospitais. Foram pouco mais de 1.300 empresas participantes, que fizeram pesquisa de fornecedores ou compra e venda.

Data: 12 a 15 de setembro
Das 13h às 21h (acesso até 20h)
Pavilhão de Exposições do Anhembi
Av. Olavo Fontoura, 1209 – Santana
(11) 5574-5166


Leia mais em: EQUIPOTEL 2011


Anhembi Parque - São Paulo Turismo S/A


RIO+20 – Brechas científica e tecnológica são obstáculos para o desenvolvimento sustentável, apontam países da América Latina e Caribe

(Divulgação)






Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20)

Fonte: UNIC Brazil

Para Ministros e outras autoridades que participaram da Reunião Regional Preparatória para a América Latina e o Caribe da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), de 07 a 09 de setembro, em Santiago do Chile, “alguns dos obstáculos para alcançar o desenvolvimento sustentável são a brecha científica e tecnológica, a insuficiência do financiamento e a fragmentação da implementação”.

Os delegados reconheceram avanços desde a Cúpula da Terra de 1992, mas também que há lacunas para alcançar os objetivos do desenvolvimento sustentável na região, preeminentemente nos pequenos Estados insulares do Caribe. Eles concluíram que é necessário mudar os padrões de consumo e melhorar a medição da riqueza para refletir adequadamente os pilares do desenvolvimento sustentável – economia, social e ambiente – “preservando os princípios fundamentais das responsabilidades comuns, mas diferenciadas e equitativas”.

Indicaram, ainda, a necessidade de “erradicar a pobreza extrema, obter financiamentos novos, adicionais, estáveis e previsíveis para apoiar as atividades de implementação nos países em desenvolvimento, assim como o cumprimento dos compromisssos para a mitigação e adaptação à mudança climática e a criação de resiliência aos seus impactos, e maiores níveis de cooperação Sul-Sul e a troca de experiências exitosas”.

O documento final também inclui “a implementação cabal dos direitos de acesso à informação, participação e justiça ambiental consagrados no Princípio 10 da Declaração do Rio sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento”.

Os delegados dos Estados da América Latina e do Caribe manifestaram igualmente sua firme determinação de prosseguir esforços em favor do desenvolvimento sustentável, com o propósito primordial de alcançar a equidade em nossas sociedades, tendo em conta as particularidades de cada um dos países da região. As autoridades reafirmaram o compromisso de contribuir para o êxito da Rio+20.

Leia mais em:

Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL)

Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil | UNIC Rio



segunda-feira, 5 de setembro de 2011

O Dia da Amazônia


(Foto: © Roger Leguen / WWF-Canon)









Com sete milhões de quilômetros quadrados, sendo cinco milhões e meio de florestas, a Amazônia é hoje um dos patrimônios naturais mais valiosos de toda a humanidade.

Fonte: Comunicação WWF-Brasil

Em 5 de setembro, data em que se comemora o Dia Mundial da Amazônia, o WWF-Brasil apresenta as histórias de agricultores e populações tradicionais que tentam, mesmo com todas as dificuldades, conciliar a vida de produtores com a necessidade de conservar este valioso ativo ambiental. Descubra também como vivem pescadores de Manoel Urbano, no Acre, e como as mudanças climáticas estão impactando seu modo de viver.

A Amazônia ainda é uma grande desconhecida e guarda muitas surpresas – como o primata do gênero Callicebus, nunca antes descrito pela Ciência, divulgado recentemente pelo WWF-Brasil após uma expedição ao noroeste do Mato Grosso.

Preservação da floresta

No interior da Amazônia, existe um grande desafio imposto aos pequenos produtores rurais daquela região: conciliar sua vocação agrícola com a manutenção das florestas.

Gisele pelas florestas

A Top model Gisele Bundchen lança desafio pela proteção ambiental, chamando a atenção para a importância das florestas em nossas vidas e para a saúde do planeta.

O WWF-Brasil é uma organização não governamental brasileira dedicada à conservação da natureza com os objetivos de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade e de promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. O WWF-Brasil, criado em 1996 e sediado em Brasília, desenvolve projetos em todo o país e integra a Rede WWF, a maior rede independente de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países e o apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo associados e voluntários.

Veja em WWF Brasil, a página especial sobre o: Dia da Amazônia