Photobucket

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Viagem de FeNeMê de São Paulo a Salvador


FNM 180 ano 1976 (Reprodução)










"FNM, UMA LEMBRANÇA, UMA SAUDADE, UMA PAIXÃO"

Fontes: Primeiro Clube do Ônibus Antigo Brasileiro/Alfa FNM

Esse evento "FNM, UMA LEMBRANÇA, UMA SAUDADE, UMA PAIXÃO", é uma aventura que levará de São Paulo a Salvador, em caminhões "FNM - Fábrica Nacional de Motores", seus apaixonados colecionadores.

São relíquias que fizeram parte da evolução de nosso país, na construção de estradas, cidades e vidas.

Vale a pena registrar esse momento e o convidamos para essa sexta feira, 28 de janeiro,, perto das 11:00 hs, na Av. Guilherme (final bem junto a churrascaria), perpetuarem essa partida através de seus artigos e reportagens, o que antecipadamente agradecemos.

A história da Fábrica Nacional de Motores – F.N.M. - se confunde com a história de milhões de brasileiros, desde a década de 1950 até os dias atuais. Nos árduos tempos do incipiente transporte rodoviário, o caminhão Fenemê – pioneiro da indústria automobilística brasileira – se destacou no cenário nacional, como resistente e confiável. O Brasil estava em pleno desenvolvimento e o volume do transporte rodoviário crescia numa linha ascendente. As estradas eram rudimentares, muitas vezes intransitáveis, mas o caminhão FNM desbravou cada canto deste país, de norte a sul e de leste a oeste, com notável bravura.

Era um veículo possante, de personalidade forte, capaz de encarar qualquer estrada com cargas que quase sempre ultrapassavam o peso limite, e que mesmo assim sempre chegava ao seu destino, transportando as riquezas do Brasil industrializado num sentido, e as do Brasil rural no outro.

Tinha uma aparência sisuda, cara de bravo, era robusto e arrancava admiração até daqueles que trabalhavam com caminhões de outras marcas. O seu ronco grave, sincopado, era inconfundível e inigualável, e quem teve o prazer de ouvi-lo, não esqueçerá jamais. Ao longo de sua produção foi equipado com uma variedade de cabines produzidas tanto pela própria fábrica, como por fornecedores autorizados; cada um destes impunha as suas características e o seu design particular, mas sem descaracterizar a marca FNM-Alfa Romeo, de forma que os fenemês eram sempre facilmente reconhecidos, mesmo por aqueles que não entendiam muito de caminhões.

São muitos os atributos que o caminhão FNM carregava - aliás, carrega até hoje, pois ainda resistem alguns milhares deles no país, rodando tanto pelas estradas como pelas ruas urbanas, mesmo tendo já decorrido algumas décadas desde que a sua produção foi encerrada.

Informações sobre FNM: alfafnm@alfafnm.com.br

Sobre a Viagem: kaiolafontaine@primeiroclubedoonibusantigo.com


Leia mais em: SITE DOS CAMINHÕES, ÔNIBUS E CARROS FNM

Primeiro Clube do Ônibus Antigo Brasileiro

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados, são de responsabilidade dos seus autores.