Photobucket

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

WWF- Brasil e Fundação Florestal lançam Guia de aves da Mata Altântica em São Paulo

(Foto: © WWF-Brasil e Fundação Florestal)










Guia de aves Mata Atlântica Paulista



Fonte: Roberta Lotti/Comunicação WWF-Brasil

O Guia de aves Mata Atlântica Paulista, produzido pelo WWF-Brasil e pela Fundação Florestal do Estado de São Paulo, foi lançado nesta quarta-feira, dia 8, em solenidade no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista. Na ocasião, o governador Alberto Goldman também assinou o contrato de empréstimo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para investimentos no programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar.

O empréstimo de cerca de R$ 287 milhões complementa os recursos estatais e federais, totalizando um investimento de R$ 832 milhões, a ser aplicado até 2013 no estudo de áreas de risco, transferência de famílias que atualmente ocupam áreas protegidas, investimentos sociais e gastos com proteção, fiscalização e conservação do Parque Estadual Serra do Mar. “É um projeto de muita coragem que reforça a importância que o governador Serra deu a este programa”, disse o governador Goldman.

O secretário do Meio Ambiente, Pedro Ubiratan Escorel de Azevedo, ressaltou a importância do Guia de aves como parte da estratégia da secretaria segundo a qual é preciso “conhecer para conservar”. “Nos parques administrados pela Fundação há o maior afluxo de observadores de aves da América Latina, então o Guia é uma oportunidade para garantir que a visitação seja feita com cuidados. Quanto mais facilitado o acesso da população aos parques, melhor”, afirmou.

Quarenta e oito espécies de pássaros da Mata Atlântica estão catalogadas no Guia, com nomes e dados científicos, nomes comuns, fotografias coloridas e uma breve descrição de comportamento e hábitos, bem como suas particularidades. O material foi pensado para os visitantes habituais dos parques e será usado também para atrair novos visitantes na tentativa de instigá-los na observação das aves, mas também para os ornitólogos, observadores profissionais e estudiosos. “Esse Guia traz informações inéditas e atualizadas que dizem respeito a uma região específica, que é a Serra do Mar. Além disso, há uma listagem completa das espécies no final para que os ornitólogos possam fazer suas anotações técnicas”, diz Luciana Simões, coordenadora do Programa Mata Atlântica.

BOX

À primeira vista, o que mais chama atenção no Guia de aves Mata Atlântica Paulista é o projeto gráfico. O tamanho médio com acabamento em espiral é prático para ser levado às ‘expedições’ de observação de pássaros. As cores são utilizadas como elementos didáticos e lúdicos e os textos são simples e de fácil entendimento. O conteúdo é todo bilingue (português e inglês), e cada página traz uma curiosidade sobre a espécie apresentada. Por exemplo, você sabia que o Tangará é um exímio dançarino e conquista a fêmea com sua dança? Ou ainda que o beija-flor-de-fronte-violenta permite apenas que as fêmeas se aproximem das plantas floridas onde tomam néctar? O Guia traz ainda um mapa das serras do Mar e de Paranapiacaba, com suas Unidades de Conservação, e pequenos desenhos que sinalizam onde podem ser vistos os pássaros catalogados.

As cerca de 50 pessoas presentes na solenidade foram presenteadas com um exemplar do Guia. O guia pode ser comprado nos parques por R$ 10,00. A versão digital está disponível gratuitamente em:

GUIA DE AVES DA MATA ATLÂNTICA PAULISTA


O WWF-Brasil é uma organização não governamental brasileira dedicada à conservação da natureza com os objetivos de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade e de promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. O WWF-Brasil, criado em 1996 e sediado em Brasília, desenvolve projetos em todo o país e integra a Rede WWF, a maior rede independente de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países e o apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo associados e voluntários.


Leia mais em: WWF Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados, são de responsabilidade dos seus autores.