Photobucket

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Sanduíche da Prefeitura de Ponta Grossa - PR beneficia mais de 4,6 milhões de pessoas

(Reprodução)













Assistência Social


Fonte: Érica Busnardo/PMPG

Em apenas três anos, o programa Sanduíche da Prefeitura, que prevê a troca de lanche por uma moeda de qualquer valor, já “vendeu” 4.620.000 sanduíches de qualidade para mais de quatro milhões de pessoas. É como se cada um dos 312 mil habitantes de Ponta Grossa, no Paraná, tivesse consumido 14 sanduíches nesse período. Diariamente o lanche preparado por nutricionistas serve aproximadamente 1.500 pessoas. O dinheiro arrecadado é doado ao Serviço de Obras Sociais (SOS), e vai ajudar nos programas desenvolvidos pela entidade, que hoje auxilia mais de 8.500 famílias da baixa renda.

Os Sanduíches da Prefeitura, programa desenvolvido pela atual administração, podem ser encontrados em cinco pontos do municipio: Parque Ambiental, Uvaranas, Praça Barão do Rio Branco (centro) e Praça Simon Bolívar (Oficinas), além dos dois pontos móveis que acompanham o programa Feira Verde. Só pelo programa Feira Verde, são “vendidos” 900 lanches diariamente. Os postos atendem no mesmo horário, das 9h às 11h e das 13h às 16h, com exceção dos pontos que acompanham o Feira Verde, que funcionam das 9h às 11h e das 12h30 às 17h.

Para participar do programa Sanduíche da Prefeitura não é necessário preencher nenhum cadastro. Nem é exigido qualquer documento ou comprovante. Basta chegar a um dos pontos e trocar o lanche por uma moeda – de qualquer valor. “Quando criamos o projeto Sanduíche da Prefeitura, em 2007, o nosso objetivo era justamente oferecer um programa de complementação alimentar e estamos conseguindo isso. Qualquer pessoa pode comprar o Sanduíche da Prefeitura, independente do valor da moeda que apresentar”, diz o prefeito Pedro Wosgrau Filho. Segundo ele, além da boa alimentação, a pessoa que compra o sanduíche da prefeitura ainda ajuda as famílias atendidas pelo Serviço de Obras Sociais (SOS) a ter uma melhor condição de vida.

Leia mais em: Porta de Ponta Grossa - PR

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados, são de responsabilidade dos seus autores.