Photobucket

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

OMS declara fim da pandemia da gripe H1N1

(Reprodução)















Diretora-geral da agência alerta que vírus continuará circulando como influenza sazonal; mais de 18 mil pessoas morreram desde o ano passado

Fonte: ONU Brasil/Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York


A Organização Mundial da Saúde, OMS, declarou o fim da pandemia da gripe H1N1.

O anúncio foi feito na sede da agência, em Genebra, pela diretora-geral da OMS, Margaret Chan.

Recomendações:

Margaret Chan disse que baseada em experiência, o fim da pandemia não significa o fim do vírus. Ela alertou que o H1N1 continuará circulando como uma gripe sazonal por vários anos.

A decisão de mudar o status de pandemia foi tomada após recomendações da Comissão de Emergência da OMS.

A gripe H1N1 foi a primeira pandemia em 40 anos. A OMS informou que os estoques de vacina continuam válidos e devem ser usados para proteger crianças e grávidas.

Surgida em 2009, no México, a gripe já matou mais de 18 mil pessoas. A região mais afetada é a das Américas com cerca de 8 mil óbitos.

Leia mais em: Rádio das Nações Unidas



O Ministério da Saúde esclarece
:

A Campanha de Vacinação foi feita com o objetivo de imunizar o maior número de pessoas, para que o vírus não se espalhasse, mas o vírus não foi totalmente contido. É importante manter as medidas preventivas e básicas de higiene como: Lavar as mãos com água e sabonete, freqüentemente, especialmente após tossir ou espirrar; Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com lenço descartável; Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.

Para mais informações:
comunicacao@saude.gov.br

Ministério da Saúde

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados, são de responsabilidade dos seus autores.