Photobucket

segunda-feira, 3 de maio de 2010

A verdadeira liberdade de imprensa precisa avançar no Brasil





Nota Oficial da Federação Nacional dos Jornalistas


Neste 3 de Maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, a Federação Internacional dos Jornalistas promove uma campanha mundial de encaminhamento de mensagens ao presidente do Irã, Mahmoud Ahmadenijad, clamando pela libertação de cerca de 30 jornalistas que permanecem na prisão desde junho passado. No Brasil, este 3 de Maio fica marcado como o primeiro ano, após décadas, em que nosso país figura entre os poucos que não dispõem de legislação específica para regular a plena liberdade de imprensa, após duas decisões do Supremo Tribunal Federal.

A campanha da Federação Internacional dos Jornalistas no Dia Mundial da Liberdade de Imprensa pede a libertação imediata e incondicional de 30 jornalistas presos no Irã desde as eleições em Junho de 2009, além da reabertura do escritório da Associação dos Jornalistas Iranianos em Teerã. Tais prisões violam a Constituição iraniana e as leis internacionais.


Para aderir à campanha: FENAJ

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados, são de responsabilidade dos seus autores.