Photobucket

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Jornalistas usam mídia social para criar reportagens










Por: Eduardo Mustafa


Pesquisa da Universidade George Washington revela que 55% dos jornalistas usam as mídias sociais como fonte


A maioria dos editores e repórteres depende dos meios de comunicação sociais para conseguir uma fonte: 55% dos jornalistas confirmaram que a mídia social é importante e que produzem as histórias que escrevem a partir desse meio. Essa afirmação é baseada em um estudo realizado pela Universidade George Washington, sendo que a pesquisa foi realizada em conjunto pela Cision. Foram entrevistados 371 jornalistas entre setembro e outubro de 2009 nos Estados Unidos.

Quem tem uma maior influencia são os profissionais que escrevem para sites, sendo que 69% usam os meios de comunicação social para conseguir uma fonte, outros 59% escrevem para jornais e 48% trabalham em revistas.

Pesquisando histórias on-line


Quase nove em cada dez jornalistas (89%) disseram que utilizam blogs para pesquisa on-line. Os sites corporativos são citados por 95% dos jornalistas como uma fonte de informação.

Entretanto, quase dois terços (65%) dos jornalistas usam redes sociais como o Facebook e LinkedIn como fontes, enquanto apenas um pouco mais da metade (52%) fazem uso no Twitter.

A confiabilidade é uma preocupação


Apesar da ampla adoção da mídia social como um recurso para os jornalistas, os profissionais estão preocupados com a sua confiabilidade: comparado com mídias tradicionais, 54% afirmam que fontes de mídia social estão "muito menos confiáveis", 31% revelaram que eles são "ligeiramente menos confiáveis" e apenas 13% dizem que são tão confiáveis como os da mídia tradicional.
O repórter que trabalha em site têm um pouco mais de confiança nos meios de comunicação sociais: 76% dos jornalistas da Web dizem que fontes de mídia social são confiáveis, já 91% dos jornalistas de Jornal e 85% de revista, dizem que a mídia social é menos confiável do que a mídia tradicional, isso como uma fonte.

Mecanismos de pesquisa

O Google é o principal mecanismo utilizado por jornalistas para pesquisa on-line: 100% dos jornalistas usam o Google, seguido da Wikipedia (61%), Firefox (31%), Yahoo (26%), MSN/Bing (15%) e outros (7%).

Via MarketingProfs

Leia mais em: PROXXIMA

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados, são de responsabilidade dos seus autores.