Photobucket

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Edital da Fundação O Boticário recebe inscrições até 31 de março










(Foto: Haroldo Palo Jr.)








O Apoio a Projetos da Fundação O Boticário, por meio dos editais semestrais, tem por objetivo patrocinar projetos que contribuam efetivamente para a conservação da natureza no Brasil, por meio do apoio a ações nas seguintes linhas temáticas:

Conservação de espécies e comunidades silvestres em ecossistemas naturais;
Políticas voltadas à conservação de ecossistemas naturais;
Regeneração de ecossistemas naturais;
Prevenção ou controle de espécies invasoras;
Criação ou manejo de unidades de conservação; e,
Pesquisa sobre vulnerabilidade, impacto e adaptação de espécies e ecossistemas às mudanças climáticas.


Projetos cujos objetivos estão voltados ao controle de efluentes, reciclagem de lixo, ou ambientes criados pela atividade humana como represas não são foco de apoio da Fundação O Boticário. Da mesma forma, atividades de educação ambiental somente serão patrocinadas quando contextualizadas dentro de um problema ambiental específico, de modo que fique caracterizado o seu emprego como ferramenta para atingir um resultado de conservação específico e não como fim em si. Em adição, projetos de educação somente serão considerados caso venham acompanhados de metodologia pedagógica definida.


São consideradas propostas prioritárias aquelas que:


Tragam resultados concretos imediatos para a conservação;
Representem esforços de médio e longo prazo da equipe proponente visando atingir impacto duradouro para a conservação dos hábitats e espécies alvos da proposta;
Gerem informações básicas imprescindíveis para a tomada de medidas conservacionistas, mas que estejam claramente ligadas a ações futuras para utilização do conhecimento obtido;
Elucidem aspectos relevantes ou promovam a conservação de hábitats ou espécies chave para o funcionamento de ecossistemas (como manguezais e matas de galeria entre outros);
Elucidem aspectos relevantes ou promovam a conservação de hábitats ou espécies ameaçadas; e,
Promovam a ampliação do conhecimento e conservação de ambientes naturalmente isolados ou relictuais como ilhas, campos de altitude, entre outros.


Leia mais em: Fundação O Boticário

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados, são de responsabilidade dos seus autores.