Photobucket

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Venda avulsa de jornalões brasileiros cai a índices surpreendentes








Quando você descobre que a Folha de S.Paulo, considerada um dos três mais influentes jornais do país, vendeu em média 21.849 exemplares diários em bancas em todo o território nacional entre janeiro e setembro de 2009, é possível constatar a abissal queda de circulação na chamada grande imprensa brasileira. Em outubro de 1996, a venda avulsa de uma edição dominical da Folha chegava a 489 mil exemplares. Os três grandes jornais nacionais agarram-se à classe média para manter assinantes e influenciar na agenda política do país, mesmo com tiragens reduzidíssimas. O artigo é de Carlos Castilho, do Observatório da Imprensa.


Clique aqui para ler mais: Carta Maior

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados, são de responsabilidade dos seus autores.